Pular para o conteúdo principal

Postagens

Filhos da Revolução

O ano é 2018, as personagens são jovens da periferia de São Paulo e o tema é Revolução.

Neste sábado, dia 21 de julho, serão apresentadas, no Programa Como Será, duas histórias de jovens articuladores da região sul da capital: Isaac Farias e Alex Santos. Acessem os perfis deles.

Com engajamento político, Isaac Farias será protagonista no primeiro episódio de Além do Voto, com a repórter Júlia Bandeira. Este é um ano de eleição e o seu voto pode ser uma ferramenta. Já Alex Santos, jovem estilista enraizado no Paraisópolis mostrará um pouco de seu trabalho o Projeto PIM Periferia Inventando Moda. No quadro Hoje é dia de modelo com Alexandre Henderson.

"No quadro ‘Hoje é dia de… modelo’, Alexandre Henderson entrevista Fluvia Lacerda, conhecida como a Gisele Bündchen plus size. O repórter acompanha uma sessão de fotos com Fluvia, que fala de inclusão, padrão de beleza, regime e cuidados com o corpo em geral. Nos bastidores da São Paulo Fashion Week, uma modelo iniciante e outra exper…
Postagens recentes

Quando eu morrer

Há mais de dois meses, fiquei de contribuir no Grupo Tráfico de Poesias no Facebook, como o texto "Quando eu Morrer". Tudo começou quando dois integrantes escreveram quase que os mesmo dia e com a mesma características, textos com o mesmo nome. Então lancei a ideia de que escrevêssemos também.
A adesão foi bem interessante e surgiram textos bacanas e classudos sobre a hora derradeira. Alguns curtos e engraçados, outros longos e tensos. Mas cada qual lida com este assunto de uma maneira particular.
Então agora apresento:

QUANDO EU MORRER

Festa no céu e tristeza no inferno.
A pergunta será: Já é minha vez?
A morte pra mim é um consórcio, quando menos se espera, somos contemplados.
E nem precisamos estar rigorosamente em dia. Quanto mais atrasado melhor.
Verei tudo e todos que por mim passaram, será um resumo resumido de minha resumida vida.
Você estará lá com certeza. Pra me lembrar de mais coisas, que já esqueci.
Lembra do dia em que quebrei a janela da cantina da escola? …

Trabalhadores da Prefeitura

Trabalhadores da Prefeitura
É humanamente é impossível  relatar ou registrar  tudo o que acontece em uma cidade do tamanho de São Paulo. Depois que inventaram a fotografia tudo fica mais fácil. A  região central  de São Paulo é rica em conteúdo.  Do serviço de tapa-buracos da Prefeitura, no Vale do Anhangabaú  à avenida São João,onde a fachada de um paredão do prédio antigo é uma mistura de beleza e perigo.
Os trabalhadores  do serviço de tapa-buracos acreditam que um dia  este serviço será totalmente mecanizado  na Capital, mesmo nos calçadões.






Veja como é o socador de piso hoje: vários pedaços de madeira pregados em um cabo de enxada. A 'mão de pilão' é chamada pelos pedreiros de chupa-cabra por ser cansativa.



Em outra cena um homem puxa água com a boca na mangueira de um tambor em  cima do caminhão para fazer  massa de concreto. Mesmo assim são felizes: têm emprego.
                                               Devanir Amâncio    






Tá lá um corpo estendido no chão

Nas periferias do país todo, estamos acostumados a ver esta cena.
Um corpo estendido no chão e com a população em volta, curiosos, amigos e familiares. As crianças acabam se deparando com isto no dia-a-dia e acabam crescendo achando isso normal. Os jornalistas, adoram serem os primeiros a chegar, fotografar, filmar, linkar...
E na tela o apresentador fanfarrão chama a atenção e segura o povo, sed...entos por notícias ruins, tragédias e sensacionalismo barato, pois o povo, precisa ter estes assuntos para trocar. Todo mundo vai saber, comentar e perguntar. Isso é igual novela! Todos negam, mas todos assistem e gostam. Correm pra casa pra ver.
Se juntam em frente a TV para debater, mas não conversam sobre as coisas verdadeiramente importantes na vida. Mas é por isso que existem pessoas diferentes neste mundo. Este rapaz esticado neste chão cinza e rodeado de olhares atentos ao seu corpo é um vencedor! Com sua aparência simples de bom moço, amigo, companheiro, excelente músico e profess…

Clube de trocas solidárias de CEU Jardim São Luis comemora dois anos

Na tarde de sábado (13), o Clube de Trocas do CEU Casa Blanca comemora dois anos de atividades. Realizado sempre no segundo sábado de cada mês, os encontros objetivam a troca solidária de serviços, roupas, calçados, artesanato, alimentos na cidade do Jardim São Luis, brinquedos, livros e utensílios domésticos, compartilhando uma nova maneira de negociar itens em boas condições que podem ser usados por outras pessoas e mão de obra.
Para Sirlene Araújo Dias, Auxiliar Técnica de educação do CEU, o Clube de Troca mobiliza as pessoas e faz com elas valorizem mais itens que antes eram descartados com facilidade. “Hoje, muitos me dizem que não jogam nada fora se estiver bom. Lembram que podem trocar pode outra coisa que precisam mais no momento”. E a conscientização atingiu até os pequenos, já que entre os frequentadores assíduos está um grupo de crianças da região. “Eles trazem brinquedos, roupas. Já entenderam a importância dessa troca e frequentam o Clube há mais de um ano”, explica Sirle…

Copa , lixo e bolas: queremos um campeonato limpo

Copa , lixo e bolas: queremos um campeonato limpo. Milhares de bolas espalhadas pele cidade não ficaria bonito ? Lixeiras bolas, em estudo, desenhadas por Everton Santana - projeto de intervenção urbana idealizado para a Copa do Mundo de 2014 .
Não basta apenas criticar as atuais lixeiras ou papeleiras de rua . É preciso apresentar soluções, alternativas.

O ideal é que a 'bola lixeira' fosse adotada no conjunto de diretrizes de políticas públicas da cidade - com licitação. Talvez não haja tempo necessário para isso, podendo o projeto ser implementado com a participação de empresas de responsabilidade social que se identifiquem com a causa. Lixeiras em São Paulo sofrem com a cultura do vandalismo. São atacadas por ações animalescas . Na periferia são apedrejadas como se fossem Judas -, um estudo comportamental explicaria o sentimento órfão de cidadania dos vândalos. Não bastasse o vandalismo muitas lixeiras são esquecidas, como as bocas de lobo.
A …